DOCERRADO.com
                   
CHAPADA DOS VEADEIROS: TREKKING RIO PRETO 21K E SÃO BENTO


Depois da queimada as chuvas e a força da Chapada.
Flávio Martins Santos - 13/11/17

Depois de um final de seca trágico para o Parque Nacional das Chapada dos Veadeiros por conta dos incêndios que iniciaram no dia 10 de outubro e que afetaram 66.014 mil hectares, o equivalente a 28% da unidade, o parque foi reaberto no dia 1º de novembro e no dia 11 fomos realizar uma trilha beirando o Rio Preto.

A meta desta caminhada era fazer um treino em um percurso que totalizava mais de 20Km de trilhas e aproveitando as precipitações climáticas a chuva serviu como base para preparar o grupo para caminhadas e travessias em épocas de chuvas. Além do treino um dos objetivos foi ver como estava a região após os incêndios e como estava se recuperando com as primeiras chuvas.

Como o programado por volta das 9h iniciamos a trilha, a garoa caia mas não trazia preocupação para os integrantes do grupo. Seguimos firmes até a primeira ponte onde a chuva começou a cair mais forte. Todos bem equipados passamos direto pela entrada das Carioquinhas e só paramos no nosso primeiro objetivo que era a Travessia das Fiandeiras.

A essa altura a chuva estava mais forte e a quantidade água era tanta que formava riachos que correriam em direção ao Rio Preto. Realizamos uma parada para um lanche que por sorte tivemos uma trégua da chuva e depois viemos retornando passando e parando por poços e locais que passamos batidos quando fazemos a 7 Quedas.


Depois de muita caminhada e com a chuva presente fomos então para o Cânion 1 para ver a força das águas e toda a magnitude do Rio Preto que é afunilado pelos paredões de pedra. Aquela pausa para contemplação e seguimos de volta para a trilha e a partir deste ponto a chuva se tornou um temporal. A trilha virou um riacho, o nível da água subiu tanto que em partes de pedra da trilha formavam cascatas, e a essa altura nem os melhores equipamentos impermeáveis seguraram a onda.

Foram 8h de caminhada, poucas paradas breve e apenas uma longa para uma refeição. Totalizamos aproximadamente 21Km desde a saída da pousada, passando pela sede do Parque e realizando todas a trilha. O peso das águas, o encharcado e o desconforto faz com o psicológico trabalhe de outra forma bem diferente de uma trilha na época da seca. Parabéns aos guerreiros que toparam esta batalha e sem ninguém desistir ou reclamar fechamos esta etapa e experiência única da Black River I.

No domingo sem pressa, aquele descanso merecido e após o café da manhã fomos curtir um tempinho na Cachoeira de São Bento que também estava muito forte por conta das chuvas.

Aos aventureiros e aventureiras: Carolzinha, Paula, Marcela, Larisse, Cesar e Erika, Geraldo, Simone e Ricardo obrigado pela força de vontade em realizar esta trilha e vamos em frente com as aventuras do DOCERRADO.com

MATÉRIAS COM O GRUPO DOCERRADO.com
=> Carolzinha dando entrevista para o SBT sobre as chuvas pós queimada na Chapada dos Veadeiros
=> Máteria do Minsitério do Turismo sobre nossa visita ao Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros pós queimada